Área Protegida

/Área Protegida
Área Protegida2018-10-26T16:48:23+00:00

O Programa por definição “ÁREA PROTEGIDA” , refere-se à elaboração de um conjunto de ações voltadas para prevenção e manutenção da saúde dos indivíduos pertencentes a um determinado grupo de pessoas, de uma determinada região. Podem ser associados de um clube ou sindicato, podem ser condôminos de um edifício ou ainda um grupo de pessoas de um determinado bairro da cidade.

Em outras palavras, são pessoas que possuem registros médicos dentro de nossa instituição que, em caso de necessidade emergencial, serão atendidos prontamente, com todos os recursos que forem necessários para aquela situação emergencial que está sendo vivenciada, até que seu problema seja sanado ou seja estabelecida transferência ao hospital referenciado.

Neste caso, o grau de complexidade deverá ser definido pelo médico coordenador dos trabalhos emergenciais da Medical Line, que permanecerá em contato direto com a equipe empenhada no atendimento, provendo assistência satélite (localização de vaga, acionar recursos pertinentes, comunicação médica pessoal, etc…), assim como orientando a equipe empenhada para que o resultado final, ou seja, o controle clínico do paciente, seja obtido da maneira mais breve e eficaz possível.

O plantão coordenador está estabelecido na sede operacional da Medical Line e mantém contato telefônico e radiofônico ininterrupto com as equipes de plantão. É de sua competência a avaliação à distância assim como a definição de prioridades a serem cumpridas pelas equipes, estando ou não com médico a borda da viatura.

Portanto, admite-se que a formação acadêmica de nossos plantonistas coordenadores deva ser principalmente voltada para experiência prática, com mínimo de 03 anos de experiência e devendo estes, serem graduados em cursos de especialização em emergências médicas:

BLS (Basic Life Suport)
ALS (Advanced Cardiac e Trauma Life Suport)
PALS (Pediatric Life Suport)
PhTLS (Pré-Hospitalar Trauma Life Suport)

Tal formação é imprescindível para o médico de nossa equipe pois, apesar de não vivenciar o caso clínico imediatamente, este deve ter conhecimento suficiente para julgar, definir e apoiar as equipes em atendimento, conhecendo não somente a graduação de cada um dos componentes de seu “time”, mas principalmente, conhecer o “tempo resposta” necessário para cada procedimento no paciente.

Se você deseja fazer parte deste nosso “time”, contate-nos

Contate nossas operadoras para maiores informações